Imigrar para os Estados Unidos

Aqui vai a descricao da pagina mesmo que seja muito

Adriano Neto


A opiniao do autor nem sempre reflete a opiniao da administracao do site. Voce como leitor eh inteiramente responsavel por ler, avaliar e julgar esta pagina por voce mesmo.

Historia do Leitor


Parte 1
historia:

São duas situações muito distintas. A primeira em que vc não possui nenhum estímulo para continuar a viver neste Brasil de tantas roubalheiras, incontáveis corrupções, impunes políticos ordinários, enfim, até que vc decide mudar radicalmente de vida e imigra para outro país, completamente estranho, deixando para trás sua adorada família (mulher, filhas e neto), a fim de poder pelo menos dizer que tem um emprego e que estou sendo útil no sustento deles. A segunda, a coragem para chegar noutro lugar, sem lenço, mas com documento, claro. Passei 10 meses na cidade de Marietta, Geórgia, a 30 minutos de Atlanta. Vcs não imaginam como sofremos, tanto no trabalho, como na parte sentimental. Não tem um que não tenha depressão. O Américano é muito frio e não admite muito que imigrantes tirem suas vagas. Somos sub-empregados (lambaios), porém, é preferível esta condição, do que ficar no Brasil, desempregado, e sem nenhuma perspectiva futura, pois, se vc não tiver um QI, não é nada. Somente em Atl
anta, há em torno de 15 mil brasileiros, fugidos do inferno brasileiro. Nesse aspecto, vale a pena se aventurar e partir para o exterior. Não deveria ter retornado, porém, já penso em voltar imediatamente. Estou há 5 meses no Brasil, sem produzir nada e já passando necessidades. Emprego não falta nos USA, porém, com o advento do novo governo, a maré parece não estar pra peixe, não posso afirmar. Por isso estou acessando esse site, para informar mais sobre o que está ocorrendo atualmente por lá. Se não serviu como uma história, alguma coisa deverá ser captada. Thanks!
Mora em Marietta-GA
periodo 2000/2000
pais Brazil